11 março, 2012

TOP 5 plus* Lista de Materiais para Iniciantes

E você, está começando agora? Já começou, mas ainda está um pouco perdida, não sabe exatamente o que comprar para dar o start? Vou montar uma lista dos 5 materiais que toda iniciante deveria ter.
Vamos lá?
Pegue o seu caderninho, que deveria ser um SMASH (brincadeira) e tome nota:

1 – lista telefônica
2 – régua
3 – lápis
4 – tesoura sem ponta
5 – cola
*obrigada Tatty Soares por me ajudar tanto hehehe

Ai está! Sua listinha de materiais básicos. Use papel de presente e cartolina no começo, o começo deve ser de muita economia, um teste, para você ter certeza que é isso mesmo que você quer e entrar neste vício, esta viagem, sem volta. Já prepare o seu marido, o seu namorado, noivo, ou mesmo o seu pai... Eles vão precisar ser muito ricos hehehehe e muito pacientes. Se você conseguir fazer scrap só com isso, por um ano, muito bem!!!! (aplausos, aplausos) Você passou para a próxima fase e já está apta a comprar um estilete tipo bisturi e uma placa de corte.
Lógico que isto é uma brincadeira, para dar uma descontraída, quebrar o gelo entre nós e dar um pouco de risada. Mas não desconsidere a lista telefônica ;) este elemento CHEIO de ácido pode ser seu amigo no futuro.
Mas chega de bla bla bla e vamos pro TOP 5 plus* – lista de materiais para quem está iniciando.

1 – base de corte. Que tenha ai, uns 30cm x 30cm e depois, se quiser, uma maior. Porque logo menos você vai querer tintas, gesso e afins... e só uma dessa para te salvar a mesa. Além da manta grossa que ela tem, protegendo sua mesa das passadas de estilete, ela é quadriculada e funciona como uma régua, deixando seu corte ainda mais preciso.




2 – régua. Uma régua de aço é o ideal. Ela vai te ajudar a manter o corte reto e , sendo de metal, você não vai arrancar um pedaço dela na hora que deslizar o estilete.




3 – estilete. Se você está começando agora, indico o estilete tipo bisturi. Ele é facilmente encontrado em papelarias universitárias, ou estas lojinhas que vendem artigos para arquitetos, maquetes etc. Custa super barato (o mais caro deve sair em torno de 15 reais) e vem com lâminas diferentes para você trocar conforme o corte que quer dar. Eu indico este, de grande precisão, no início, para você pegar prática no corte. Depois, qualquer estilete ajuda. Mas primeiro, treine sua mão a ter uma pegada firme.



4 – cola. Lógico! A cola. Dê preferência às colas livres de ácido, para não manchar o seu trabalho ou a sua foto, no futuro. Muitas pessoas fazer o scrap como forma de eternizar o álbum. Logo, não querem que o trabalho se deteriore com o tempo. As colas livre de ácido não deixam manchas amareladas e nem corroem as fotos ou o papel.




 5 – tesoura. Ahá! Nossa grande e velha amiga tesoura. Esta sim, vai te acompanhar em TODOS os lugares. Amiga, com o tempo, você vai perceber que não pode viver sem uma tesoura. Você vive sem um sapato, mas nunca sem uma tesoura. Ela será sua fiel escudeira e habitará suas bolsas para sempre. Portanto, preste atenção: a tesoura deve ser de boa qualidade, para não “comer” o seu papel, para não deixar o seu corte com cara de picote. Ela tem que deslizar no seu papel, dando a impressão do seu corte ter sido feito a laser. Então ela deve ser de ponta e de tamanho não grande, nem pequeno, médio. Tamanho de tesoura de criança, para não judiar das suas mãos. Existe a lâmina de teflon, de metal e de titânio. GO FOR TITANIUM, my friend! Ahahah. Todas são boas, mas a de titânio... sem comparações.




Plus – fitas adesivas: dupla face e banana (espumada) Na falta da cola ou para grudar alguma coisa mais fina, como fitas ou até mesmo para aquela pessoa mais preguiçosa da cola, use fita dupla face em tudo. Ela dá menos sustentabilidade ao projeto, fato, mas é prática e rápida. Já a fita banana serve para dar volume ao projeto, relevo.




PLUS * – papel. Lógico! Ninguém é um scrapper sem papel. A parte mais legal disso tudo é a hora de comprar os papéis. Na hora de comprar, escolha sempre os lisos (cardstocks) de várias cores e os estampados de sua preferência. Sempre lembrando de comprar os acid free! E seja feliz com sua tesoura, sua cola e seu papel! =)


Bom pessoal recebemos vários emails de pessoas perguntando dicas sobre o scrap eou mesmo querendo iniciar nesse caminho sem volta rs, essas dicas vão ajudar nesse começo.

Nati Curi







4 comentários:

  1. Nati, amei o artigo!! É isso mesmo... quando comecei tbm usava um monte de ferramentas "genéricas", mesmo porque eu nem sabia pra que servia algumas coisas.
    beijos

    ResponderExcluir
  2. Aiiiiii que post mais top! Vou toda vez que trouxer uma nova menina pro scrap vou dar uma copia! Amei natiiiiiii

    ResponderExcluir
  3. Nati, adorei.

    Sempre achei o Scrap um mimo, uma gracinha.. mas faltava o "start".. HEHEHEHE,
    Pode deixar.. vou colocar as mãos a obra.

    bjos*

    ResponderExcluir
  4. Eu comecei com cartolina e papel de presente... hehehe... é o melhor jeito mesmo!
    Seu TOP ficou ótimo, Nati, sempre tem gente começando e essas dicas são preciosas.
    Beijoca.

    ResponderExcluir